Nem só de burocracia vivem imigrantes!

Nem só de burocracia vivem imigrantes!

Desde que cheguei a Portugal, há cerca de 2 anos e meio, pouco fiz turismo. Mas agora terminado o Mestrado tenho me comprometido a aproveitar mais este país! Meus planos não são nada pretenciosos: a ideia é aproveitar mais intensamente o dia a dia da vizinhança e, sobretudo, observar a interação entre portugueses e imigrantes. Quero vivenciar ainda mais essa dinâmica.

Além disso, também pretendo aproveitar as oportunidades que surgirem para ir um bocadinho mais longe. E foi ao aceitar o convite de duas queridas amigas que conheci o roteiro que relato a seguir: Santuário de Fátima – Mosteiro da Batalha – Tomar (a cidade inteira).

Percorrer os 3 roteiros é possível mesmo diante das mais rigorosas restrições no cenário da pandemia, garantindo distanciamento social em todas as atividades.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

O período de um dia é aparentemente tempo suficiente para vivenciar o passeio, mas é bem provável que você seja cativado a querer mais. Logo você vai entender!

Santuário de Fátima

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Não sou religiosa, mas acredito nas boas energias e no poder da fé. Confesso que fiquei bem mais comovida que poderia esperar ao visitar o Santuário de Fátima, uma ampla estrutura desenvolvida pela igreja católica a partir dos relatos dos 3 pastorinhos: Lúcia, Jacinta e Francisco, acerca de visões de Nossa Senhora. 

capela das aparições, erguida em 1919, foi o ponto de partida da nossa visita. Ela marca o local exato onde os pastorinhos mencionaram terem tido as visões, também sendo naquele local que, a pedido de Nossa Senhora, foi construído o santuário. 

A Basílica da Nossa Senhora do Rosário foi a estrutura que mais me chamou atenção pela sua imponência: a torre do sino tem 65 metros de altura. A parte central da basílica é cercada por centenas de colunas sobre as quais há imagens de santos. Em seu interior estão as sepulturas dos 3 pastorinhos.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Enquanto conhecíamos o lugar era comum passarem por nós fiéis ajoelhados por todo o percurso do Santuário. Não há como ficar imune ao cenário.

Mosteiro da Batalha

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

A surpreendente construção do mosteiro da Batalha demorou cerca de 150 anos pra ser concluída e concentra o mais importante núcleo de vitrais medievais portugueses.

Erguido ainda no século XIV, sua história é o marco da vitória do exército Português conta o Castelhano. O rei D. João prometeu que caso vencessem construiria um Mosteiro em homenagem à Virgem Maria, de quem era devoto.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Por ter sido demorada a sua construção, seus traços carregam a assinatura de 5 arquitetos em 7 reinados distintos. O resultado é uma estrutura imponente e sem dúvidas, inesquecível a quem visita.

Tomar, a cidade dos Templários

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Tomar é encantadora e fiquei devendo a mim mesma uma visita mais demorada.A cidade desenvolveu-se como sede da Ordem dos Templários, no século XII e sua história pode ser sentida em todo lado.

É como se pudéssemos voltar no tempo e, ao mesmo instante, estar no presente, pois o lugar dispõe de uma completa estrutura de serviços.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

A partir do Parque do Mouchão avista-se o Castelo Templário de Tomar, uma das mais relevantes estruturas militares do antigo reino e o Convento de Cristo, onde é possível conhecer dependências ligadas aos rituais Templários. É preciso mencionar ainda a Capela-Mor, antiga Charola, que foi considerada, por seu esplendor, Património da Humanidade.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?